#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/

HIPERATIVOS:

#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/


19 setembro 2009

O início de tudo

Microfotografia da nidação

Pra que fazer um Blog?

Minha mente é como uma final no maracanã ou como uma panela de pressão cozinhando a todo vapor. À cada instante borbulham milhares de idéias e pensamentos, me ponho a questionar o porquê das coisas, imagino como seria se pudesse ser diferente, cogito possibilidades e invento outras!

Por essa simples razão sempre senti a necessidade de colocar os pensamentos pra fora, acredito que minha cabeça seja pequena pra caber tantas informações, elas precisam de mais espaço... hoje as conversas e anotações não são mais suficientes, meus pensamentos querem alcançar fronteiras mais longínquas, querem ser colocados à prova, trabalhados e debatidos.


Compartilho das palavras de Clarice Lispector:

"Eu escrevo sem esperança de que o que eu escrevo altere qualquer coisa. Não altera em nada... Porque no fundo não estou querendo alterar as coisas. A gente está querendo desabrochar de um modo ou de outro..."

"Jornal do commércio:Por que você escreve?

Clarice Lispector:Vou lhe reponder com outra pergunta: Por que você bebe água?

JC: Por que bebo água? Porque tenho sede!

CL:Quer dizer que você bebe água pra não morrer. Pois eu também: escrevo para me manter viva."

[Mente Hiperativa]
Links interessantes:

Mais sobre Clarice Lispector
http://claricelispector.blogspot.com/2007/10/d-me-tua-mo.html

3 comentários:

Geysa Dias Palhares disse...

Gostei da citação de Clarice Linspector, AMO essa mulher!!!!!!!

Marcio Nicolau disse...

Excelente estréia.

Aline disse...

Um ano depois, da tua primeira postagem te conheci, Ops! conheci teu blog (o que eu acho que é bem melhor), mais profundo... por que não correu o risco de o ''meu pensar'' sobre você ser algo influenciado por nada exterior. Gosto disso. Feliz por poder te dar parabéns por um ano do seu blog. E que venham vários.

Blogo, logo existo.

Blogo, logo existo.
"... E que fique muito mal explicado. Não faço força para ser entendido. Quem faz sentido é soldado..."

Mário Quintana